Citigroup (C)

História da empresa

O Citigroup é um dos quatro grandes bancos identificados como “grande demais para quebrar” pelo governo dos EUA. É uma corporação que oferece serviços financeiros globais formada em 1998 por uma união entre o banco Citigroup e o Travelers Group, um conglomerado financeiro. O Citigroup opera 200 milhões de contas em 140 países e tem 16.000 escritórios ao redor do mundo. As raízes da empresa remontam ao City Bank de Nova York, fundado pelo Estado de Nova York em 1812. Em 1895, o National City Bank of New York (seu novo nome) era o maior banco americano e, em 1929, era o maior banco comercial do mundo. A empresa foi pioneira no oferecimento de diversos serviços bancários, como juros compostos para poupanças, contas correntes para clientes e empréstimos pessoais sem garantias. Em 1998, a Citicorp uniu-se com o Travelers Group para criar o Citigroup. Ela continua sendo uma das maiores uniões da história dos EUA. O Citigroup sofreu perdas imensas na crise dos subprimes hipotecários de 2008, mas o banco foi considerado grande demais para quebrar e o governo americano ofereceu um pacote de socorro, que envolvia participação de 36% do governo americano na empresa, para salvar o Citigroup da bancarrota. O Citigroup pagou o empréstimo inteiramente em 2010 e o governo americano também lucrou com a venda das ações que possuía. Ações do Citigroup: O que você precisa saber

  • Os relatórios anuais e trimestrais do Citigroup podem fornecer perspectivas sobre o desempenho futuro da empresa. Eles foram atingidos com força em 2008, durante a crise financeira global, e, embora a empresa tenha devolvido os recursos federais que tomou emprestado, o Federal Reserve relatou que o banco falhou no teste de estresse realizado em 2012 que asseguraria que o banco possui capital suficiente para sobreviver a um cenário parecido ao da crise de 2008. Os resultados dos testes que serão realizados no futuro causarão impactos nos preços das ações.
  • O socorro do governo afetou as ações do banco e emprestou uma imagem negativa ao Citigroup. As ações continuam subvalorizadas, o que significa que é um bom momento para comprar. Os analistas preveem uma recuperação continuada para a empresa.
  • As taxas de juros deverão aumentar após anos de taxas baixas. Qualquer cenário no qual as taxas de juros subam é um cenário positivo para os bancos, pois eles lucram com taxas de juros mais elevadas.

Qualquer um que desejar operar com as ações do Citigroup deverá realizar pesquisas cuidadosas as condições de mercado e o desempenho recente e histórico da empresa antes de começar a negociar.

Opere com o Citigroup